domingo, 27 de junho de 2010

Quatis inclui xadrez no currículo escolar

 

Caros colegas,

Quatis
Os alunos da rede municipal de ensino de Quatis podem participar de aulas de xadrez, com o projeto "Xadrez nas Escolas". A iniciativa, que funciona como uma atividade extracurricular, tem como principal objetivo ampliar a carga horária dos alunos e despertar o interesse dos alunos com atividades educativas.
Em funcionamento em todas as escolas da rede municipal de ensino, inclusive na zona rural, o projeto acontece durante todo o ano letivo, com oficinas nas quais os alunos aprendem a jogar com a prática, conhecendo técnicas do jogo de xadrez, e produzindo as próprias peças do tabuleiro. Podem participar alunos matriculados do 3° ao 9° ano e a carga horária das aulas, que varia de acordo com a idade ou a série do estudante, pode chegar a uma hora e meia.
Segundo o coordenador de projetos especiais da prefeitura, Marcio Nunes, o Xadrez nas Escolas tem intenções pedagógicas, já que educa estimulando o aprimoramento da atenção e concentração do aluno. Para ele, há também objetivos socioafetivos, uma vez que a prática do jogo é agregadora e ajuda os alunos a aperfeiçoarem laços sociais dentro e fora da escola.
- O grande benefício é acolher o aluno fora o período da aula oferecendo a ele uma possibilidade educativa que faça frente às situações de risco social, fato que é um dos compromissos de uma Cidade Educadora - explicou Márcio, referindo-se ao principal projeto da prefeitura de Quatis, que é trazer para o município o título de Cidade Educadora.
O Xadrez nas Escolas é um dos projetos educacionais desenvolvidos pela secretaria de Educação, que visa sempre ao melhor aprendizado do aluno e ao seu convívio social. "Aprender a jogar xadrez estimula o raciocínio, colabora com o aprendizado e coloca o aluno em contato com outros, socializando todo o grupo", disse a secretária de Educação, Aldjane Prata.

Nenhum comentário:

Postar um comentário