segunda-feira, 17 de maio de 2010

Regras do centro - 1

Das três áreas que formam o tabuleiro – ala do Rei, centro e ala da Dama – o centro é, sem dúvida, a mais importante delas.

A razão disso é que, o jogador que domina essa área, pode deslocar suas peças para ambos os lados, com o mínimo esforço e a máxima velocidade.
Desta forma, geralmente é uma excelente idéia jogar tentando conquistar e manter o centro, se você puder assim fazer.
Infelizmente, a maioria dos iniciantes não tem essa visão. Eles estão sempre se movimentando de uma ala a outra do tabuleiro.
A seguir são mostradas algumas regras básicas sobre o centro, que podem ser benéficas aos iniciantes:

Regra 1: Um Peão bem posicionado no centro proporciona o controle sobre as principais casas centrais do tabuleiro. Vejamos o diagrama:

  

Os Peões colocados no centro estão bem protegidos pelos outros Peões e também pelas demais peças brancas. Essa estrutura proporciona um forte controle sobre as casas c5,d5, e5 e f5, o que garante ao jogador de brancas a vantagem sobre a região.

Regra 2: Possuir um Peão bem posicionado no centro é uma responsabilidade!
Depois de criá-lo, você tem de se esforçar para torná-lo indestrutível. Se conseguir isso, dominará o centro e irá restringir os movimentos do adversário por todo o restante do jogo!
Regra 3: Não adiante o centro demasiadamente cedo!
Cada Peão movido deixa casas fracas na sua esteira. O diagrama abaixo explica isso:

 


Avançando mais uma casa o Peão e, deixará fracas as casas d5 e f5.
Observe na posição acima como o Cavalo preto não consegue avançar para a quinta linha do tabuleiro devido à influência do forte centro de Peões brancos.
Mesmo depois de  se mover para c6 ou g6, o Cavalo continuaria incapaz de encontrar um posto avançado central para ele.
No entanto, bastaria às brancas avançarem seu Peão e para e5 que as casas d5 e f5 ficariam,subitamente, à disposição do Cavalo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário